Las cookies nos ayudan a ofrecer nuestros servicios. Al utilizar nuestros servicios, aceptas el uso de cookies.
De En Es
Kundenservice: +49 (0) 551 - 547 24 0

Editorial Cuvillier

Publicaciones, tesis doctorales, capacitaciónes para acceder a una cátedra de universidad & prospectos.
Su editorial internacional especializado en ciencias y economia

Editorial Cuvillier

Premiumpartner
De En Es
Titelbild-leitlinien
Rito, participação e movimento no Teatro Contra a Barbárie

Impresion
EUR 71,60

E-Book
EUR 50,12

Rito, participação e movimento no Teatro Contra a Barbárie

Processos de ritualização no teatro alternativo em São Paulo na primeira década do século XXI

Virginia Sambaquy-Wallner (Autor)

Previo

Indice, PDF (130 KB)
Lectura de prueba, PDF (210 KB)

ISBN-13 (Impresion) 9783736990180
ISBN-13 (E-Book) 9783736980181
Idioma Español
Numero de paginas 346
Laminacion de la cubierta mate
Edicion 1 Aufl.
Lugar de publicacion Göttingen
Lugar de la disertacion Passau
Fecha de publicacion 18.06.2015
Clasificacion simple Tesis doctoral
Area Teatro
Ciencias culturales
Literatur
Estudio de las lenguas romanas
Descripcion

A presente pesquisa ocupa-se do teatro alternativo contemporâneo no Brasil, aqui chamado Teatro Contra a Barbárie (TCB), ilustrando-o com grupos de teatro paulistanos como, entre outros, Companhia São Jorge de Variedades, Grupo XIX de Teatro, Grupo OPOVOEMPÉ, Grupo Tablado de Arruar e Núcleo Bartolomeu de Depoimentos. Os espetáculos analisados revelam uma forte tendência ao rito que deve ser entendido per se como um jogo aberto, covidativo e principalmente estético entre atores e público. O momento cênico é composto através de um rompimento com as estruturas do teatro clássico, escolhendo novos espaços para seus espetáculos, integrando a eles a participação do espectador e manifestando-se por meio de deslocamento de cena. Para evidenciar o grau de envolvimento do espectador ao momento cênico concebido por esses grupos, foi desenvolvida uma tipologia. Este estudo aponta para um vínculo do TCB a modelos de grupos pertencentes ao movimento internacional de vanguarda enquadrando suas produções, apesar de tão diversas, dentro de um movimento uniforme e posicionando seus espetáculos dentro da era da realidade virtual.